cabecalho do site para ser visualizado computador cabecalho do site para ser visualizado no celular
Pesquisar no site do Alcscens


Notícias


Pesquisa

Na raiz dos desastres naturais


Pesquisas analisam catástrofes ambientais

Livro e tese de livre-docência analisam causas e consequências de catástrofes que atingem o Brasil e outros países da América do Sul


Leia mais





Biodiversidade

Caranguejada de risco

Poluição sem controle e de origem incerta está modificando o equilíbrio ecológico dos manguezais paulistas. Estudo da Unesp revela essas regiões, que servem de berçários para peixes e crustáceos, estão contaminadas com metais pesados.

Divulgação Científica

Pesquisa analisa alcance da divulgação científica na rede

Como deveria ser o site de um importante projeto para avaliação dos impactos das mudanças climáticas na agricultura do Brasil?



Publicações


Tese

O desenvolvimento e a expansão recente da produção agropecuária no centro-oeste

Este estudo teve como principal objetivo analisar a evolução da agropecuária na região Centro-Oeste do país e o seu avanço na ocupação de novas áreas, no período recente com foco nas produções de soja, cana-de-açúcar e pecuária bovina. A pesquisa analisa as políticas de Zoneamento Econômico Ecológico nos Estados da região e as atividades dos Conselhos Municipais de Meio Ambiente. Comprovou-se que a hipótese de que o crescimento da agropecuária no Centro-Oeste ainda ocorre pela forma extensiva de produção e de ocupação de novas áreas. A metodologia utilizada foi a revisão bibliográfica sobre a expansão da agropecuária no Centro-Oeste; apresentação da evolução da área plantada das principais culturas, pela qual se observou o crescimento das culturas de soja, milho e cana-de-açúcar e uma redução da área plantada com as culturas tradicionais como arroz e feijão, como também apontados pelas análises sobre o Efeito Escala e o Efeitos Substituição. As análises do modelo de Contribuição de Área e Contribuição do Rendimento permitiram concluir que o crescimento das culturas de soja e cana-de-açúcar se deve muito mais à ampliação da área de cultivo do que o incremento do rendimento. A evolução dos indicadores da pecuária mostrou um deslocamento do rebanho bovino para áreas mais ao norte do país.O trabalho de campo nos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás visou analisar as tendências e limites de um novo padrão de produção com vistas à redução da ocupação de novas áreas em um contexto de produção sustentável e de preservação do meio ambiente florestal. Os resultados mostraram que a abundância de áreas para pasto e para lavoura parece criar um consenso sobre o qual os recursos naturais são infinitos e que a preservação é uma preocupação para as gerações futuras. Observou-se que a degradação ambiental e o desmatamento nos biomas Cerrado, Pantanal e Amazônia, quando associados ao modelo expansivo da agropecuária foram minimizados diante o expressivo crescimento econômico gerado aos municípios e Estados produtores. Esse modelo se caracteriza pela substituição de produções com degradação dos solos e desflorestamento em alguma direção, seja pela  característica intrínseca e histórica do modelo de ocupação dos cerrados, seja pela racionalidade econômica dos agentes, ou pela ausência ou inoperância de programas e políticas públicas que possam incentivar a mudança do modelo produtivo da região.  

Leia mais

Eventos


Simpósio

4º Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos Agropecuários e Agroindustriais

Agência FAPESP – Estão abertas as inscrições para a apresentação de trabalhos científicos no 4º Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos Agropecuários e Agroindustriais (Sigera), que ocorre de 5 a 7 de maio...

Leia mais



Vídeos




Pesquisadores


Logotipo do Programa Fapesp de Mudanças Climáticas Processo N.08/58160-5 | Período: 01/12/2010 a 30/11/2014