cabecalho do site para ser visualizado computador cabecalho do site para ser visualizado no celular
Pesquisar no site do Alcscens

Pesquisadores



Tainá de Luccas

Bolsista Capes

Jornalista. Mestranda do programa em Divulgação Científica e Cultural (DCC) do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) e Labjor da Unicamp.


Órgão: LABJOR/NUDECRI
E-mail: tainadeluccas@gmail.com



Objetivos Específicos


OBJETIVOS ESPECÍFICOS - #8

Melhorar e aprofundar a divulgação científica na área de mudanças climáticas


Este objetivo está diretamente relacionado a um dos quatro desafios principais existentes na área de mudanças climáticas que é o de melhorar e aprofundar o entendimento do assunto através do desenvolvimento de formas de divulgação, difusão e popularização do conhecimento científico sobre o mesmo. De modo específico, pretende-se gerar materiais audiovisuais para as imprensas geral e especializada, que possam contribuir para melhorar o entendimento do assunto e viabilizar o estabelecimento de contatos com a imprensa nacional e revistas especializadas sobre o assunto. Outro aspecto relevante relacionado a este tema é o de melhoria dos sistemas atuais de informações meteorológicas e climáticas aplicadas à agricultura. A Unicamp, através do Cepagri, tem grande experiência na prestação de serviços nas áreas de meteorologia e climatologia através da Internet. A página do Cepagri/Unicamp (http://www.cpa.unicamp.br) entrou em funcionamento em 16/05/1995, 15 dias antes da criação do Comitê Gestor da Internet no Brasil (em 31/05/1995), que marca o início da sua operação comercial no Brasil. Trata-se de um dos serviços mais antigos nas áreas de meteorologia e climatologia aplicadas à agricultura do hemisfério sul e que serviu de base para a criação do Sistema de Monitoramento Agrometeorológico Agritempo (http://www.agritempo.gov.br), juntamente com a Embrapa em 2003, que presta serviços a todos os estados do país. O grande desafio atual destes serviços está em conhecer melhor qual tem sido a utilização efetiva que os seus vários usuários (principalmente agricultores, gestores públicos e privados e técnicos) têm feito dos produtos colocados automática e gratuitamente à disposição na forma de mapas, gráficos, tabelas e textos de recomendação. Este entendimento da relação entre a geração e a utilização de dados e informações meteorológicas e climáticas é estratégico para extrair o máximo possível do grande potencial que a tecnologia de previsão de tempo e clima tem a oferecer para a agricultura, atualmente e no futuro. Trata-se de um demanda real existente no mundo inteiro, e não apenas no Brasil, de serviços semelhantes ao do Cepagri/Unicamp e Agritempo. Ressalta-se que, além da Internet, o Cepagri/Unicamp tem larga experiência, também, no atendimento ao público através de consultas pessoais, telefone, palestras e mídia em geral (rádio, jornal e televisão).


Logotipo do Programa Fapesp de Mudanças Climáticas Processo N.08/58160-5 | Período: 01/12/2010 a 30/11/2014